Você sabe o que é a “gravidez psicológica” em cadelas?
9 de setembro de 2021

Causas, tratamentos e dicas para cães que possuem incontinência urinária

Coluna Jean 17/09 – incontinência urinária

Você tem percebido que seu cachorro ao deitar deixa pequenas poças de xixi? Tem notado que o hábito de urinar dele está um pouco diferente do habitual? Se a resposta para as duas perguntas for sim, uma das possíveis causas é a incontinência urinária. Este problema não afeta somente nós, seres humanos, mas atinge em cheio também os cachorros. E é justamente sobre este tema que vou falar um pouco mais na coluna de hoje.

A incontinência urinária acontece quando o cachorro não consegue controlar sua bexiga e, dependendo da severidade, pode ir desde apenas pequenos vazamentos de urina até grandes quantidades. Geralmente, é decorrente da idade mas pode atingir cães em qualquer fase de vida, dos mais variados tamanhos e raças.

Os sintomas mais comuns da incontinência urinária são o gotejamento de urina e a lambedura excessiva na área da vulva nas fêmeas ou do pênis em machos. Mas ela não segue um fluxo fixo, pode acontecer dos episódios de incontinência diminuírem, assim como progredirem para infecções mais sérias na bexiga, rins e na área da pele que entra em contato com a urina.

Existem diversas causas que podem ser responsáveis pela incontinência urinária no seu cãozinho, por isso é tão importante levá-lo ao veterinário ao notar mudanças no comportamento ou ao identificar que ele não está conseguindo controlar a urina.

O médico veterinário irá investigar a causa exata e determinar o tratamento a ser seguido. Entre os testes que podem ser inclusos na consulta estão:

– Urinálise, para determinar se o cão está com alguma infecção na bexiga.

– Exames de ultrassom e, também, radiografia.

O que causa a incontinência urinária?

Nunca tome nenhuma decisão sem consultar o seu veterinário, visto que há muitas causas que podem ser responsáveis pela incontinência urinária. Diminuir a quantidade de água do seu cão ou brigar com ele por uma condição de saúde que ele não pode controlar, além de não resolver nada, atinge negativamente seu cachorro.

Vários fatores podem causar a incontinência urinária em cachorros como, por exemplo: desequilíbrio hormonal, comum em cadelas castradas; esfíncter da bexiga fraca; infecção urinária; cálculo renal; lesão ou degeneração da coluna vertebral (frequentemente visto em pastores alemães); hérnia; doenças na próstata.

Além disso, a presença de outras doenças que causam o consumo excessivo de água, tais como a diabetes, doenças renais e hiperadrenocorticismo também podem ser o agente causador da incontinência urinária.

O que fazer se o seu cão tem incontinência urinária?

Coloque tapetes higiênicos descartáveis para absorver a urina na cama do seu pet e garantir mais conforto. Leve o seu cão para mais passeios, incluindo o período da manhã, assim que ele acordar e pouco antes de dormir. Para garantir mais higiene, é indicado o uso das fraldas descartáveis, que são anatômicas e possuem modelos exclusivos para eles e para elas.

Esteja sempre de olho nos sintomas do seu cachorro e entre em contato com o veterinário caso ocorra qualquer mudança. A boa notícia é que o mercado pet tem desenvolvido inovações para facilitar nesses casos, com tecnologia de ponta, proporcionando a eles mais conforto e bem-estar para toda família. Basta ter paciência e se adaptar, que tudo se resolve e vida que segue.

Gostaram do texto dessa semana? Espero que sim!

Um abraço e até a próxima semana!

VETERINÁRIOS
Agendar via WhatsApp